O que você procura?

Prefeitura de Belém lança app “Amazônia em Belém” no Bosque Rodrigues Alves

A Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) lançou, neste sábado, 3, no Bosque Rodrigues Alves, o aplicativo “Amazônia Belém”, focado na divulgação de parques e áreas verdes da cidade. A ferramenta destaca locais emblemáticos como Bosque Rodrigues Alves e Horto Municipal, oferecendo uma imersão cultural e histórica na fauna, flora e lendas da cidade.

Belém mais profunda

“A Semma tem trabalhado com o eixo da biotecnologia, não apenas com ações para estruturar a sustentabilidade municipal, mas, também, em sistemas e aplicativos para tornar nossas atividades mais transparentes para a população”, destaca a secretária municipal do Meio Ambiente, Christiane Ferreira. “O aplicativo vem com o objetivo de socializar informações sobre Belém, não apenas para quem vive, mas para quem visita a cidade: a fauna, a flora, a agenda, as campanha educativas dos nossos parques e, no futuro, das nossas praças”.

O lançamento do aplicativo contou com a visita da Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré. Na ocasião, servidores da Semma, convidados e visitantes do Jardim Zoobotânico da Amazônia celebraram o momento com orações. 

Acesso via QR Code 

Além de baixar o app diretamente nas lojas virtuais de aplicativos, os usuários podem acessar informações remotamente ou escanear QR codes nos parques. Com a funcionalidade de geolocalização, o aplicativo guia eficientemente a exploração, visando a aprimorar a experiência para residentes e turistas. Além de dados sobre plantas e animais, fornece orientação sobre pontos específicos dentro dos parques. 

“O aplicativo é muito autoexplicativo e interativo. É uma ferramenta muito boa pra gente conhecer melhor as áreas verdes da cidade”, ressalta Lorena Albuquerque, visitante do Bosque Rodrigues Alves. “É uma plataforma interativa importante, principalmente para esse período, com a COP-30 chegando. Ele apresenta informações essenciais da nossa biodiversidade, onde a gente consegue ver a nossa fauna, flora, nossas lendas amazônicas”.

Totens O Bosque Rodrigues Alves possui totens com QR Code, baseados nas Soluções Baseadas na Natureza (SBN), onde os visitantes acessam o app e recebem informações sobre os espaços do Jardim Zoobotânico da Amazônia. Os totens estão posicionados em troncos de árvores que caíram naturalmente no local e foram reaproveitados. 

Parceria

O presidente da Fundação Guamá, Rodrigo Quites, órgão responsável pela escolha das empresas que realizaram a produção do aplicativo, destaca a parceria realizada com a Prefeitura de Belém.

“Nós fomos procurados pela Semma com o objetivo de trazer um toque mais tecnológico para os ambientes públicos gerenciados pelo órgão, como o Bosque Rodrigues Alves e o Horto Municipal, visando ao público mais jovem, que está sempre olhando para o celular. Então, nós queremos aproveitar esse público, para que ele possa pegar no próprio celular informações acerca dos locais onde ele está”, explica Rodrigo.

O “Amazônia em Belém” promete ser uma ferramenta essencial para a conscientização e conservação, convidando todos a se unirem nessa jornada pela preservação ambiental na cidade.

Texto:

Paloma Lobato